Tag Archives: 4k

HDBaseT: Mais agilidade e comodidade na sua empresa

Você provavelmente usa um cabo HDMI para fazer as transmissões de dados em salas de reunião, telas de hotéis e restaurantes, projetores, auditórios, salas de videoconferência ou salas de aula, não é mesmo? Porém, existem hoje tecnologias mais avançadas que podem entregar ainda mais qualidade nas suas transmissões de áudio e vídeo. O HDBaseT, por exemplo, é um padrão de conectividade multimídia de alta definição, que usa um único cabo de par trançado, e que é capaz de conectar todo o conteúdo multimídia de uma empresa. Isso é possível, porque o HDBaseT oferece conectividade para vários ambientes, permitindo a transmissão do conteúdo de qualquer origem para qualquer destino.  Vamos conhecer um pouco mais sobre essa tecnologia? Continue lendo esse texto!

Vantagens do HDBaseT:

Substituindo o HDMI pelo HDBaseT, o usuário ganha a possibilidade de estender o sinal de alta definição, via cabo de rede, até muito mais longe, podendo chegar a até 100 metros. Essa é uma tecnologia compatível com todos os padrões de áudio e vídeo existentes atualmente na interface HDMI 1.4 que são suportados pelo HDBaseT, numa taxa máxima de transferência de 10.2Gbps.

Outro ponto é que essa inovação permite controlar remotamente toda a conexão a partir de um ponto, isto é, o sinal a 100m de distância pode ser comandado na origem. Além disso, o usuário pode transmitir: vídeos de alta definição, faixas de áudio com qualidade extraordinária, internet de 1000 Mbps, controles diversos para interação (IR, RS232 ou Ethernet) e até energia para alimentar aparelhos a longa distância. Esta tecnologia também é conhecida no mercado como 5Play.

A transmissão de energia utiliza o mesmo conceito do PoE “Power over Ethernet” que, no HDBaseT é chamado de PoH “Power over HDBaseT” que conduz uma potência de 100W, o suficiente para alimentar dispositivos de baixo consumo, como DVD players, receptores digitais ou transmissores que utilizam a tecnologia.

Outra vantagem para quem trabalha com imagens é que, além da capacidade de transmissão de vídeos em Full HD sem compressão, essa tecnologia consegue transmitir no padrão 3D e ainda na resolução Ultra HD 4K (atingindo mais de 4.000 pixels). Isso sem falar no custo, que é bem mais acessível e de fácil instalação.

Aplicações do HDBaseT

Graças ao rico conjunto de recursos e a simplicidade na configuração e utilização de cabos LAN econômicos e populares, o HDBaseT pode ser usado em várias aplicações, incluindo teatros, estádios, aeroportos, elevadores, shoppings, sinalizações digitais, projeções corporativas, PCs industriais e aplicações médicas e militares. Empresas e lojas que precisam comandar fontes de A/V, transmitir vídeos institucionais e comunicados em múltiplos sistemas de projeções ou displays também têm grande tendência a aceitar bem a nova tecnologia.

O HDBaseT 2.0

A mais recente especificação é a HDBaseT 2.0, lançada em agosto de 2013, que converge vídeo digital full HD sem compressão, áudio, Ethernet 100BaseT, alimentação, USB e controles sobre fibra óptica, através de um único cabo LAN, por longas distâncias.

A nova norma HDBaseT 2.0 introduz o recurso HDBaseT HomePlay, que é capaz de tornar mais simples e mais rentável para os consumidores, transformar suas casas inteiras em centros de entretenimento multimídia. Essa tecnologia preenche todos os requisitos da indústria de eletrônicos de consumo, que está sempre crescendo e mudando. Trata-se de uma solução all inclusive que define um novo padrão para uma geração de conectividade digital.

Cuidados na contratação

Na internet há inúmeros tutoriais e produtos ou acessórios vendidos por empresas pouco conhecidas e sem experiência. Mas, é importante ter em mente que todo produto baseado em cabo de rede precisa ser confiável para evitar degradação e falhas de handshake no sinal digital. Ou seja, detalhes de projeto e construção devem ser respeitados segundo os parâmetros técnicos do padrão HDMI. O produto, bem como a instalação devem oferecer capacidade para altas taxas de transferência de dados pois, para um sistema trafegar conteúdo 4K, Full-HD em 3D em longas distâncias, o mesmo deve ter capacidade para 10.2Gbps. Esses e outros detalhes fazem toda a diferença na sua qualidade de transmissão, por isso, vale a pena optar por um provedor conceituado no mercado.

Quer saber mais sobre o HDBaseT e como ele pode transformar seus negócios? Entre em contato conosco!

DisplayPort interface for 4K, explained

DisplayPort is the most recent digital video interface to be developed for commercial use. It is a standard for PCs.

The DisplayPort standard was designed as a replacement for DVI connectors on computer hardware. The connector is smaller and screwless for easier installation. The connector still has a locking mechanism to hold it in place, addressing a weakness of the HDMI connector. It is similar in specifications to HDMI, but it is more common for computers than for televisions.

DisplayPort uses a packet type of interface, just like an IP network does. The network-like design means a single connection can send multiple streams, so a single DisplayPort port can connect to more than one display.

DisplayPort uses very high speeds, enabled by the packet-type delivery that is implemented through chipsets. One can think of it as a high-speed network for digital video. DisplayPort uses a serial interface with up to four main data lanes that can carry multiplexed video and audio data. Each data lane supports a raw data rate of 1.62 Gbps, 2.7 Gbps, or 5.4 Gbps (DisplayPort 1.2 or later). Additionally, unlike with DVI, an audio channel is supported — up to eight channels of 16- or 24-bit at 48 KHz, 96 KHz, or 192 KHz.

DisplayPort and DVI
DisplayPort and DVI use different signal processing methods, but converting between the two can be done with adapters. Some DisplayPort ports have internal components to make them passively compatible with DVI signals, but this is not a DisplayPort requirement. This is known as Dual Mode, or DP++. It appears that DisplayPort is converted to DVI, but the hardware outputs a DVI signal through a DisplayPort port. If the hardware in use can’t output the DVI signal, then a DisplayPort-to-DVI adapter won’t operate. Users should look for the DP++ symbol.

DVI offers no audio support, which gives another advantage to DisplayPort. An additional advantage for DisplayPort is that packetizing data lowers demand on bandwidth. DVI uses separate data channels for each color, requiring high bandwidth all the time.

DisplayPort and HDMI
Since HDMI technology and DVI use the same signal technology, HDMI and DisplayPort have similar compatibility issues noted already.

HDMI is the digital standard targeted to home theater, and DisplayPort was developed for use with computer electronics. However, feature-wise, DisplayPort is very similar to HDMI, including the inclusion of the HDCP content-protection standard.

Some differences include:

  • DisplayPort has a maximum bandwidth that is larger than the maximum bandwidth of HDMI (10.8 Gbit/sec, compared to HDMI at 10.2).
  • DisplayPort supports DPCP (DisplayPort Content Protection) standard in addition to HDCP.
  • DisplayPort is an open standard, available to all manufacturers at no cost; HDMI is licensed, which raises costs.
  • DisplayPort supports resolutions up to 4K.

For additional information on 4K-ready DisplayPort solutions, visit www.black-box.eu/4K.